Cárie

12/03/2020

Na boca, a cárie se forma a partir das bactérias Streptococcus mutans, que formam grupinhos chamados de placas (ou biofilme) para abocanhar a sacarose, o açúcar dos restos de comida. Elas produzem um ácido que corrói os minerais do dente até quebrá-lo.

Além de ser um problema estético, prejudicando a auto estima e diminuindo a socialização, a cárie também lesiona a camada da dentina, provocando dor e sensibilidade. Faz também com que o indivíduo mastigue menos, prejudicando a digestão. Se não tratada, vai evoluindo internamente podendo afetar o nervo do dente, necessitando de tratamento de canal ou até a perda do dente.  Visitas regulares ao dentista, uma dieta saudável e uma boa higiene, são a melhor forma de prevenção.